Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

Cacá Bueno conquista o tetracampeonato da Stock Car

Em uma corrida marcada pelos acidentes da última volta, Cacá Bueno se sagrou campeão da Stock Car pela quarta vez na carreira, neste domingo, no circuito do Velopark em Nova Santa Rita/RS. O piloto da equipe Red Bull Racing largou na pole, enquanto o outro postulante ao título, Max Wilson (equipe Eurofarma RC), precisava vencer a corrida, mas largou apenas em 12º e sofreu com problemas durante toda a prova, inclusive com um princípio de incêndio controlado durante sua parada nos boxes.

8858

Na última volta, Cacá Bueno tentou ultrapassar o líder da corrida Marcos Gomes (Medley FullTime Sports), mas ambos se tocaram, forçando o abandono de Cacá, que àquela altura não precisava mais pontuar para ser campeão. “Conseguimos o tetracampeonato, que no ano passado acabou escapando por um ponto!”, disse Cacá Bueno após a prova.

8859

Depois da batida com Cacá, Gomes continuou na pista com o carro espalhando óleo, que sujou a pista e causou um acidente coletivo que envolveu os pilotos Átila Abreu, Allam Khodair, Nonô Figueiredo, Júlio Campos, Luciano Burti e Max Wilson, que assim abandonou qualquer chance de conquistar o título. “O resultado de hoje não foi bom. Tivemos problemas aqui e não encontramos o acerto ideal”, disse Max Wilson. “Mas o ano como um todo foi positivo. Tivemos boa regularidade e ter chegado na última prova disputando o título mostra isso. Agora é pensar em 2012”, finalizou.

8860

A sucessão de acidentes deixou a vitória no colo de Daniel Serra, companheiro do campeão de 2011. “Foi uma prova muito, muito difícil. Estava quente e essa pista cansa, porque você tem de ficar virando o tempo inteiro. Estou muito feliz pela equipe, pelo Cacá que levou o tetracampeonato”, comemorou Serra. Completaram o pódio os pilotos Popó Bueno (A. Mattheis Motorsport) e David Muffato (Itaipava Racing Team).

Confira o resultado da 12ª e última etapa da Copa Caixa Stock Car 2011

1º) (MSF) Daniel Serra, Red Bull Racing (Peugeot) – 46 voltas, em 44min26s614
2º) (MSF) Popó Bueno, A. Mattheis Motorsport (Chevrolet) – a 0s830
3º) David Muffato, Itaipava Racing Team (Peugeot) – a 1s347
4º) Felipe Maluhy, Officer ProGP (Chevrolet) – a 10s375
5º) Duda Pamplona, Officer ProGP (Chevrolet) – a 11s172
6º) Eduardo Leite, Hot Car Competições (Chevrolet) – a 15s290
7º) Rodrigo Sperafico, JF Racing (Peugeot) – a 17s914
8º) (MSF) Marcos Gomes, Medley Full Time (Peugeot) – a 32s225
9º) (MSF) Thiago Camilo, Ipiranga RCM (Chevrolet) – a 34s426
10º) Giuliano Losacco, Hot Car Competições (Chevrolet) – a 43s216
11º) (MSF) Cacá Bueno, Red Bull Racing (Peugeot) – a 1 volta
12º) (MSF) Allam Khodair, Blau Vogel (Chevrolet) – a 1 volta
13º) (MSF) Átila Abreu, AMG Motorsport (Chevrolet) – a 1 volta
14º) Nonô Figueiredo, Esso Mobil Super Racing (Chevrolet) – a 1 volta
15º) Julio Campos, Crystal Racing Team (Chevrolet) – a 1 volta
16º) (MSF) Luciano Burti, Itaipava Racing Team (Peugeot) – a 1 volta
17º) (MSF) Max Wilson, Eurofarma RC, (Chevrolet) – a 1 volta
18º) Matheus Stumpf, Scuderia 111 (Peugeot) – a 1 volta
19º) Xandinho Negrão, FullTime Sports (Peugeot) – a 1 volta
20º) Tuka Rocha, BMC Vogel (Chevrolet) – a 1 volta
21º) Alceu Feldmann, A. Mattheis Motorsport (Chevrolet) – a 1 volta
22º) Bruno Junqueira, Bassani Racing (Peugeot) – a 1 volta
23º) (MSF) Ricardo Maurício, Eurofarma RC (Chevrolet) – a 2 voltas
24º) Lico Kaesemodel, Credipar RCM (Chevrolet) – a 2 voltas
25º) Ricardo Zonta, Crystal Racing Team (Chevrolet) – a 3 voltas

Não completou 75% (= 34 voltas)
26º) Rodrigo Navarro, JF Racing (Peugeot) – a 13 voltas
27º) Valdeno Brito, Esso Mobil Super Racing FTS (Chevrolet) – a 42 voltas
28º) Serafin Jr., AMG Motorsport (Chevrolet) – a 44 voltas
29º) Denis Navarro, Bassani Racing (Peugeot) – a 45 voltas

Melhor volta: Cacá Bueno, com 55s484 (média: 147,8 km/h)
(MSF) = participaram da Mobil Super Final

Classificação final da temporada 2011 da Copa Caixa Stock Car:
Mobil Super Final
1º) Cacá Bueno – 271 pontos
2º) Ricardo Maurício – 258
3º) Popó Bueno – 253
4º) Max Wilson – 248
5º) Daniel Serra – 240
6º) Allam Khodair – 240
7º) Marcos Gomes – 234
8º) Thiago Camilo – 232
9º) Luciano Burti – 226
10º) Átila Abreu – 219
11º) David Muffato – 65
12º) Felipe Maluhy – 65
13º) Duda Pamplona – 63
14º) Valdeno Brito – 54
15º) Ricardo Zonta – 51
16º) Giuliano Losacco – 49
17º) Nonô Figueiredo – 29
18º) Xandinho Negrão – 25
19º) Tuka Rocha – 23
20º) Eduardo Leite – 23
21º) Rodrigo Sperafico – 19
22º) Julio Campos – 15
23º) Diego Nunes – 13
24º) Lico Kaesemodel – 12
25º) Ricardo Sperafico – 9
26º) Alceu Feldmann – 6
27º) Antonio Pizzonia – 6
28º) Claudio Ricci – 3
29º) Bruno Junqueira – 2
30º) Alan Hellmeister – 2
31º) Denis Navarro – 2

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php