Bosch desenvolve mapa que utiliza sinais de radar para veículos autônomos



A Bosch e a TomTom, fabricante de sistemas de navegação veicular, desenvolveram o primeiro serviço de mapeamento capaz de criar funções de localização a partir de sinais de radar, tecnologia que substitui os dados por vídeo utilizados atualmente.

Criado para os carros autônomos, o Bosch Radar Road Signature faz o mapeamento e a descrição das rodovias através de um sistema constituído por bilhões de pontos de reflexão individuais, que refletem o sinal de radar, como barreiras de proteção ou placas de sinalização, e reproduzem o curso da rodovia.

Por não utilizar os dados de vídeo para gerar a localização, a tecnologia pode ser usada em baixas condições de visibilidade e à noite, além de determinar a localização exata do veículo na pista.

Bosch e TomTom trabalham em parceria desde 2015. “Estamos muito felizes em poder oferecer dados de localização suplementares para o radar road signature em parceria com a Bosch. Isso tornará a condução autônoma mais precisa em todos os aspectos”, afirma o CEO da TomTom, Harold Goddinj. Desde 2015, ambas as empresas têm trabalhado intensamente na construção do radar road signature e sua integração nos mapas de alta resolução da TomTom. A Bosch é uma líder global na área de sensores de radar com tecnologia de 77gigahertz e alcance de até 250 metros, que são superiores aos sensores de vídeo com alcance de detecção de até 150 metros.

O maior desafio foi encontrar uma maneira de adaptar os sensores de radar já existentes para esta função. Quando usado em um sistema de assistência ao condutor, como o sistema de frenagem automática ou o piloto automático adaptivo (ACC), os sensores detectam objetos em movimento, mas para gerar o radar road signature, eles também precisam ser capazes de detectar objetos estáticos. A próxima geração de sensores da Bosch será capaz de fornecer os dados necessários para o radar road signature. “Os carros que chegarem ao mercado nos próximos anos com funções de assistência ao condutor poderão executar os mapas para veículos autônomos”, diz Hoheisel.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php