Bosch e Scania participam do 1º Seminário de Tecnologias Sustentáveis no Transporte

O 1º Seminário de Tecnologias Sustentáveis no Transporte, que acontece no Rio de Janeiro/RJ nesta terça e quarta-feira, 26 e 27 de julho, está promovendo debates técnicos sobre alternativas de matrizes energéticas para o transporte público brasileiro, apresentando as principais experiências e soluções existentes no país e as possibilidades para o futuro.

Dentro da programação do evento, a Bosch apresenta o sistema flex GNV+Diesel, desenvolvido no Brasil e que equipa o Volksbus da MAN apresentado ao Governo do Rio de Janeiro em maio desse ano, e que está em fase de testes. O sistema bicombustível viabiliza a utilização de Gás Natural Veicular em motores de ciclo diesel, substituindo o combustível original em até 90%, mantendo a mesma potência e nível de consumo.

8109

A Bosch afirma que, em testes realizados com o sistema GNV+Diesel, houve redução de particulados em até 80%, além de um forte potencial de redução de NOx (Óxido de Nitrogênio) e a redução de aproximadamente 20% na emissão de CO2 (Dióxido de Carbono), quando comparado ao motor trabalhando apenas com diesel. De acordo com a empresa, o sistema flex é compatível também com outros combustíveis alternativos, como o GNL (Gás Natural Liquefeito) e Bio-Metano.

Já a montadora Scania vai participar dos principais painéis do seminário apresentando seus argumentos em favor da utilização do etanol, combustível que, de acordo com a empresa, é o mais indicado para a redução de CO2 no meio ambiente. Como exemplo, a Scania vai expor o chassi K 270 6×2, de 15 metros, movido a etanol.

8110

Conforme dados da empresa, mais de 800 ônibus Scania abastecidos com etanol brasileiro circulam por cidades européias, principalmente em Estocolmo, capital da Suécia. Em São Paulo/SP, a primeira frota de ônibus movidos a etanol já circula desde maio deste ano, como parte de um programa que visa ter toda a frota da capital substituída por veículos movidos a combustíveis 100% renováveis até 2018.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php