BorgWarner fábrica de Brusque

A BorgWarner apresentou seu balanço de 2019, ano marcado pelo anúncio de muitas novidades. A primeira é o início da produção nacional do sistema Start/Stop a partir do segundo semestre de 2020 em sua fábrica em Brusque/SC. O produto terá aplicação em modelos da linha leve com motor 1.0 e 1.3 de duas grandes montadoras. O nome dessas montadoras, contudo, não foi revelado.

A empresa destaca que esse tecnologia terá uma aplicação cada vez maior no mercado, indo de 42% dos veículos a combustão em todo o mundo em 2017 para 65% em 2027.

No segmento de pesados, a novidade será a produção da nova geração de embreagens viscosas com controle eletrônico Visctronic V3X, já oferecida no exterior. O produto ajudará as fabricantes a atenderem às normas Euro6, que passará a vigorar a partir de 2023, exigindo mudanças nos veículos como o uso de ventiladores maiores. A Visctronic V3X será produzida em Itatiba/SP, provavelmente a partir de 2022, atendendo modelos pesados, extrapesados e máquinas agrícolas.

Segundo a BorgWarner, essa nova geração oferece desacoplamento até 40% mais rápido, melhor calibração em baixas rotações, redução da oscilação da rotação do ventilador e controle mais preciso na velocidade da ventoinha, garantindo ainda mais eficiência na refrigeração.

Seu design também foi aprimorado para melhorar a transferência de calor, otimizando a dissipação em 20%, além de permitir o uso de silicone de baixa viscosidade. Para o consumidor final, além da economia de combustível, haverá ganho em conforto ao dirigir e diminuição dos níveis de ruído e vibração.