Avanços na tecnologia que alteram padrões nos veículos atuais

Avanços na tecnologia que alteram padrões nos veículos atuais - Imagem: divulgação
Avanços na tecnologia que alteram padrões nos veículos atuais – Imagem: divulgação

 

O primeiro registro de um transporte que funcionou com um motor a gasolina é de 1885 e tinha apenas três rodas. De lá para cá, muita coisa mudou e nem mesmo os filmes e histórias puderam prever as transformações dos automóveis. Veículos autônomos, elétricos e com tecnologias de última geração estão transformando todo um setor, seja por meio de legislação ou conforto que fornece aos usuários
 
Apesar de tanta modernidade e eficiência, o segmento automotivo tem enfrentado muitas rupturas, como fechamentos de grandes fábricas, custo de peças e impostos que fazem o valor dos carros subirem. Em agosto deste ano, a venda de veículos registrou uma queda, segundo dados da Fenabrave, se comparado com o mesmo período de 2022. Apesar disso, com a venda acumulada em 1,4 milhão, o mercado se fez crescer em 9,4% em relação aos oito meses do ano passado, ou seja, o mês não foi tão favorável, mas trouxe uma melhora para o ano.
 
Os apps de mobilidade também contribuem para a compra de carros, pois possuem regras que determinam o tempo mínimo de uso, sendo preciso que o profissional troque de veículo. Além disso, nos aplicativos há as categorias econômica e premium, por exemplo, que determinam a separação dos modelos segundo a tabela Fipe. Essa diversificação de categorias permite que os usuários escolham o veículo que melhor se adapte às suas necessidades, tornando o transporte mais personalizado e conveniente.
 
A eletrificação também está ganhando força, com um aumento notável na demanda por veículos elétricos (VEs). Os avanços na infraestrutura de carregamento contribuíram para a popularidade desse modelo, afinal já podemos observar pontos de carregamento em todo o mundo. A variedade de modelos de VEs disponíveis no mercado também está aumentando, oferecendo opções para atender a diferentes necessidades e preferências dos consumidores. Com isso, veremos a popularização desses carros com mais frequência em aplicativos de mobilidade urbana.
 
A tecnologia automotiva tem sido a força por trás das mudanças nos carros modernos. Desde veículos autônomos, que prometem revolucionar a maneira como nos deslocamos, com sensores avançados, sistemas de assistência ao motorista e conectividade inteligente, até os veículos elétricos que buscam reduzir as emissões de carbono, estamos em um momento em que o condutor pode contar com segurança e eficiência mais do que nunca.
 
Com tantas mudanças, novidades e aprimoramentos, é necessário fiscalização, leis e limites que prezem pela segurança de todos e bem-estar da mobilidade. Afinal, apenas no Brasil, são mais de 59 milhões de automóveis registrados, de acordo com dados da Secretaria Nacional de Trânsito do Ministério da Infraestrutura disponíveis no site do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
 
À medida que a indústria automobilística continua a jornada de evolução, os consumidores podem esperar carros mais seguros, eficientes e ambientalmente conscientes. A tecnologia automotiva continuará a moldar a maneira como nos locomovemos e como interagimos com nossos veículos e ecossistema, enquanto os aplicativos de transporte continuarão a oferecer opções personalizadas e convenientes para atender às necessidades, em constante mudança, da mobilidade urbana.

 

 

Thiago Hidalgo, CEO do Consórcio 3C e um dos desenvolvedores do mobizap, aplicativo de transporte individual de passageiros da Prefeitura de São Paulo.

 

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php