Superbanner - Texaco (30/08 a 24/01/24)

Audi R8 GT ultrapassa a barreira dos 300 km/h

Superesportivo de 560 cv de potência tem produção limitada em 333 unidades, das quais apenas três serão trazidas para o Brasil ao preço de R$ 1 milhão cada.

Carolina Vilanova

Quem escuta do lado de fora um Audi R8 GT passar numa reta a mais de 300 km/h se impressiona com o barulho: idêntico ao de uma turbina de avião. Esse modelo especialíssimo da montadora alemã, que chega ao Brasil em apenas três unidades, ultrapassa outra barreira cheia de zeros: a de 1 milhão de reais. Ou seja, é somente para um seleto grupo de proprietários que já fecharam negócio.

Debaixo do capô do R8 GT está um impressionante V10 FSI (injeção direta de combustível), capaz de alcançar os 560 cv de potência a 8.000 rpm. O torque também impressiona: 55,1 kgfm a 6.500 rpm. A lubrificação por cárter seco garante, de acordo com a marca, a quantidade ideal de óleo mesmo em acelerações laterais e durante velocidade máxima. Entre outros números impressionantes, o superesportivo acelera de 0 a 100 km/h em 3,6 segundos e chega à velocidade máxima de 320 km/h. É quase um avião.

Audi R8 GT/Cockpit

Tem tudo de carro de corrida: peso reduzido em 100 kg, em relação ao modelo original, graças à adoção de peças em fibra de carbono e de alumínio. Também foram reduzidos pesos de alguns componentes da transmissão, das rodas, do sistema de freio (com discos de cerâmica) e até de acessórios como o coletor de admissão, isolação do motor, bancos do tipo concha e tapeçaria.

A transmissão automatizada de seis marchas, do tipo R tronic, permite a troca automática ou manual por meio de borboletas atrás do volante, mais uma característica que vem das pistas. Em altas rotações, a troca de marcha leva apenas um décimo de segundo, ou seja, o motorista nem sente.

Outros itens tipicamente de competição são o controle de saída (launch control) e o controle de tração Quattro, que garantem a aderência exata nas arrancadas. O sistema de tração integral Quattro concentra a tração no eixo traseiro, mas ativa mais tração no eixo dianteiro conforme o necessário. Para deixar a condução mais esportiva, o sistema de controle de tração ESP pode ser desligado.

Quanto à suspensão, o sistema é formado por barras de alumínio em forma de triângulo. Para garantir a frenagem com toda essa potencia, o sistema de freios utiliza discos largos de cerâmica com fibra de carbonoAs rodas de aro 19 são calçadas com pneus 235/35 ZR na frente e 305/30 ZR atrás.

Em relação ao desenho, algumas modificações para dar um toque de carro de corrida, inclusive utilizando componentes do Audi R8 LMS (Le Mans Séries), que participa das corridas de GT3. O resultado é um visual agressivo, com mais pressão aerodinâmica, sem perder em coeficiente de aerodinâmica.

Audi R8 GT/Cockpit

 

No luxuoso interior, a estrutura de fibra de carbono é reforçada, e acomoda apenas duas pessoas. Com três compartimentos para transporte de bagagem atrás dos bancos e um porta-malas dianteiro, com capacidade de 100 litros. O superesportivo sai de fábrica também com faróis e lanternas de LED, ar condicionado automático, sistema de navegação, alarme, computador de bordo e sistema de som de alto padrão da marca Bang & Olufsen e muito mais. Vale a pena conferir.

 

FICHA TÉCNICA

– Conjunto propulsor
Motor: 5.2L FSI
Cilindros: 10 cilindros em V
Cilindrada: 5.204 cm³
Potência: 560 cv @ 8000 rpm
Torque: 54 Kgfm @ 6500 rpm

– Transmissão
Tração: Integral quattro®
Câmbio: R- tronic 6 velocidades

– Pesos/Capacidades
Peso: 1525 Kg
Comprimento: 4,43 m
Largura: 1,93 m
Altura: 1,24 m
Entre-eixos: 2,65 m
Capacidade do tanque de combustível: 90 litros
Capacidade do porta-malas: 100 litros

– Performance/Consumo
Aceleração de 0-100 km/h: 3,6s
Velocidade máxima: 320 km/h
Consumo em Cidade: 4,8 km/L
Estrada: 10,1 km/L
Combinado: 7,2 km/L
Emissão de CO2 combinado: 323g/km

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php