Alunos do Formare recebem certificados na Arvin Meritor

A primeira turma de alunos do projeto de educação Formare esteve durante quase um ano em treinamento na fábrica da ArvinMeritor e em fevereiro deste ano irão receber o certificado de conclusão de curso. O programa, que foi instituído pela fundação Iochpe, recebe 20 alunos selecionados junto às comunidades carentes e utiliza colaboradores voluntários para transmitir valores, conhecimentos profissionais e experiências práticas a esses jovens.

As regras básicas para escolher os alunos é que a família do candidato tenha renda de até meio salário mínimo por mês, equivalente a R$ 175,00 para cada integrante e o jovem deve mostrar iniciativa própria para participar do Formare. Em seguida, os interessados preenchem uma ficha e se aprovados na primeira etapa realizam uma prova escrita com testes de múltipla escolha, além de uma redação.

O curso na ArvinMeritor durou nove meses e durante esse período os alunos entre 15 e 17 anos receberam alimentação, assistência médica, vale transporte, uniforme e material escolar. Além disso, cada um teve aulas teóricas e práticas, e uma remuneração mensal de R$ 175,00.

Alguns alunos, como por exemplo Mônica Aparecida Viana, depois do curso está interessada  em engenharia de materiais; Bonfim Custódio quer ser administrador com especialização em finanças, coisas que nem sonhavam meses atrás. Outro aluno, Luciano Souza de Oliveira, disse que vai estudar gestão ambiental.

Elza Aparecida Luglio, assistente social e uma das coordenadoras do Formare na ArvinMeritor, disse que o objetivo é escolher pessoas que não têm outra oportunidade e ainda não chegaram ao mercado de trabalho. “Importante também é que o projeto mobiliza muitas pessoas e surpreende os dirigentes da empresa e os voluntários, que acabam bastante gratificados com a experiência de contribuir para a formação dos alunos”, acrescenta Elza.

Envie um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

css.php