O Congresso Brasileiro do Mecânico, que chegou a sua terceira edição no dia 26 de outubro em São Paulo, contou com uma novidade que mexeu com os participantes: os boxes técnicos. Foram seis espaços direcionados para a indústria levar seus técnicos e palestrar sobre diversos temas em ascensão do setor da mecânica de automóveis. Em oito horas de Congresso, foram realizadas 36 palestras em seis veículos: Fiat Argo, Chevrolet Ônix Plus, Mitsubishi L200, Renault Sandero R.S 2.0, um Citroën Jumpy e um Volkswagen up! TSI.

Por: Raycia Lima
Fotos: Saulo Mazzoni

Confira como foram as palestras nos boxes técnicos

Box Técnico: Fiat Argo


ZF

A empresa abriu a sequência de palestras técnicas falando sobre freios ABS. Com box lotado, a multinacional deu dicas de diagnóstico e manutenção do sistema de freio, que é obrigatório em todos os veículos fabricados a partir de 2014. “A receptividade do público foi sensacional. O box estava lotado. Inclusive, muita gente participou ao final fazendo perguntas e parabenizando o nosso trabalho. Creio que conseguimos atingir nosso objetivo que é ajudar o mecânico independente em seu dia a dia”, explicou o técnico da empresa, Felipe Eduardo da Silva Rodrigues.


MONROE

Com o tema “Novas tecnologias em suspensão”, a empresa mostrou ao público como o mercado está sendo invadido por inovações tecnológicas. Supervisor de treinamento da DRiVE, empresa que cuida das marcas Monroe e Monroe Axios, Juliano Caretta salienta que: “Estamos vivendo a revolução 4.0, por isso trouxemos o público para essa nova realidade”. Em sua palestra, o técnico mostrou o que realmente muda na suspensão e como o mecânico busca a capacitação para essas novidades. “Temos uma barreira no Brasil quanto as inovações que são ligadas aos valores desses novos produtos, mas nós da indústria estamos tentando trazer essas inovações com um preço mais justo para que o profissional não perca essas tecnologias”, finaliza Caretta.


RAVEN
A empresa lançou um produto onde é possível fazer o diagnóstico de equipamentos fechados por meio da fumaça. Segundo Ricardo Augusto, que trabalha no Suporte técnico da Raven ferramentas especiais, essa novidade permite saber onde está acontecendo vazamentos de óleo no motor, verificar a entrada de ar em falso na parte do coletor de admissão, furos no escapamento e saber como está a vedação do tanque de combustível. Ricardo também explica que o público ficou muito interessado nesse novo padrão de diagnóstico “Tudo que envolve a Raven, podemos notar que o público tem uma receptividade muito boa, pois nossa empresa sempre traz muitas tecnologias. O custo também cabe no bolso do mecânico”.

 


SCHAEFFLER
A empresa falou sobre suas novas tecnologias e deu uma atenção maior a tecnologia usada na embreagem dupla seca, conhecida como DSG. Sérgio Listoff, que trabalha na assistência técnica da Schaeffler, comenta que: “O publicou questionou bastante, e por ser uma aplicação pontual do Golf e da Audi, falamos sobre a manutenção e alguns possíveis problemas que aparecem no componente. Perguntaram também onde eles encontram nossos produtos, e mostramos um pouco da rede de distribuidores”.

 

 

 


TAKAO
Técnicas para identificar defeitos e como montar o motor corretamente foram os temas da Takao no box técnico. Mauricio Ferrareis, técnico de motores da empresa, explica que após a palestra os mecânicos levaram muitas dúvidas sobre o processo de torque de parafusos. “São processos simples e cotidianos, porém é necessário estar atento para não cometer nenhum erro, por isso nós da Takao buscamos passar essas dicas para o profissional independente”, comenta Ferrareis.

 

 

 


VDO
A empresa alemã, que apresentou ao público os sistemas das marcas ATE e VDO, também abordou o sistema de freio do Fiat Argo e explicou como funciona o cilindro mestre. Werner Heinrichs, engenheiro de qualidade e consultor técnico da empresa, abordou problemas, cuidados e falhas em veículos. “Falar com o público é um prazer, principalmente em uma palestra como essa que ficou lotada. Foi bem bacana ver a interatividade do público com os assuntos”.

 

 

 


MOBENSANI
Ministrando a última palestra do box, a Mobensani usou o espaço para passar informações sobre seus produtos. O consultor técnico de produtos da empresa, Erinaldo Schwenk, explica que houve muito interesse dos mecânicos, principalmente sobre onde encontrar os produtos da fabricante. “Procurei usar o tempo para transmitir mais informações de nossos produtos, pois esse contato direto com o mecânico infelizmente ainda é escasso em nosso setor”, comentou.

 

 

 


Box Técnico: Chevrolet Onix Plus

SKF
Focando em rolamentos, a fabricante levou seu técnico Cristiano Ferreira, que atua na área de assistência técnica ao cliente, para falar sobre tecnologias novas, freios ABS, defeitos e falhas que acontecem com o cubo de roda e manga de eixo, além de mostrar as novidades da empresa. Cristiano destaca que: “Foi uma experiencia sensacional. Conseguimos esclarecer várias dúvidas do pessoal sobre diversos temas. Espero que quem não pode acompanhar este ano, consiga vir ano que vem pois é uma excelente oportunidade”.

 

 

 


VALVOLINE
A empresa dividiu sua palestra em apresentações sobre os tipos de transmissões automáticas existentes e como realizar a manutenção do item, aplicações de fluidos e aplicações de trocas preventivas. O gerente regional sul da empresa, Vinicius Alberti, explica que o mais gratificante é realizar treinamento técnico com um público tão qualificado. “Foram temas interessantes para o público, muita gente está tentando entender essas novas tecnologias e por isso a nossa palestra contou com muita interação do público”, afirmou.

 

 

 


GAUSS
Com o tema “Protocolo RVC aplicado nos alternadores dos novos veículos GM”, a Gauss mostrou no box técnico porque a nova tecnologia ajuda na diminuição do consumo de combustível e na vida útil da bateria. O Coordenador de divulgação técnica, Noberto Donizete dos Santos, explica que seu maior papel, além de representar a marca, é transmitir mais e mais conhecimento aos mecânicos. Quanto ao Congresso, o profissional comenta que: “As pessoas participaram com muita intensidade, além do box estar lotado, reservei 15 minutos para perguntas e esse tempo foi completamente usado esclarecendo as dúvidas dos mecânicos”.

 

 


DELPHI TECHNOLOGIES
Gerenciamento do motor com foco em velas de ignição foi o tema da palestra da Delphi Technologies no box técnico. O técnico de campo, Fernando Pereira, explicou as diferentes funções do item e quais são os procedimentos corretos de análise e manutenção do componente. Sobre a plateia, Fernando salienta que: “Percebemos que existe uma grande busca dos mecânicos por novidades no setor automotivo. É um público muito empenhado em aprender mais”.

 

 

 


NGK
A empresa levou o Consultor na área de assistência técnica, Hiromori Mori, para falar sobre quais são os sinais que o mecânico precisa detectar na hora de revisar a bobina de ignição. Mori também parabenizou o evento pela estrutura oferecida nos boxes técnicos. “Deu para ver que o pessoal estava olhando para cada detalhe da palestra. Esse evento é muito importante pois é um público muito qualificado e nós da NGK nos sentimos orgulhosos por participarmos disso tudo”.

 

 

 


SAMPEL
A empresa falou sobre suportes hidráulicos de motor e coxins, mostrando que tecnologias, antes presente apenas em carros luxuosos, também estão chegando a modelos populares. Thiago Kiyoshi Kano, técnico da área de desenvolvimento de produto, explicou como se deve inspecionar e verificar os componentes. “Apesar de trazermos um tema relativamente novo, os mecânicos já encontram esse tipo de procedimento em suas oficinas, o que facilita na hora de passar a informação”.

 

 

 


GM
Breno Loula falou sobre a rede de dados da montadora estadunidense. Segundo o Instrutor de treinamento técnico pela Universidade Chevrolet, passar e trocar informação com os mecânicos é de extrema importância “A parte de perguntas e respostas com os mecânicos é o mais importante, pois não queremos que a palestra vire um monólogo. É muito importante essa troca de informação tanto para a montadora quando para os mecânicos”. Loula explica que a universidade Chevrolet é uma divisão da montadora que dá instruções para os funcionários da rede e foi exatamente esse conteúdo que eles levaram para o Congresso.

 

 


Box: Mitsubishi L200

HIPPER FREIOS
Pedro Scopino, representante da Hipper Freios no box técnico, deu um treinamento sobre tecnologias em sistemas de frenagem, sistemas eletrônicos que compõem o freio do veículo, ABS, controle de tração e programa de estabilidade. Scopino conta que a experiência no Congresso foi muito gratificante: “Foi excelente, muita gente ficou de pé, o que mostrou um enorme interesse por parte dos mecânicos. Falei também sobre serviço e como valorizar a mão de obra deles”.

 

 

 


KYB
Com a nova de linha de kits, a Kayaba deu dicas técnicas e passou alguns cuidados que se deve ter na hora de trocar o amortecedor. Foi levado também aos mecânicos informações sobre uma nova tecnologia que as montadoras estão usando e foi introduzida no mercado pela KYB. O Coordenador técnico da empresa, Alexandre Parise, comenta que: “O público quis entender como funciona as novas tecnologias da KYB e acredito que eles gostaram bastante da nossa palestra por conta da interatividade que temos com eles”.

 

 

 


LUBRAX
A Lubrax explicou como é feito o desenvolvimento dos lubrificantes, além de esclarecer mitos a respeito do item. O consultor de produtos automotivos, Antonio Alexandre Ferreira, também passou aos mecânicos algumas dicas de como usar corretamente o lubrificante e extrair o maior desempenho do produto. Sobre o box técnico, ele comenta que: “Foi uma palestra cheia, não apenas de pessoas, mas também de conteúdo. Houve muitas perguntas, mostrando um grande interesse por parte dos mecânicos. Foi realmente uma palestra fantástica”.


TEXACO
A empresa conversou com os mecânicos sobre a importância que o fluido de radiador tem nos sistemas automotivos e buscou também explicar aos profissionais independentes como entender diferentes tipos de fluidos de arrefecimento. O representante da Texaco, Pedro Sachet, explica que ter um veículo no box fez muita diferença: “Ter um veículo a nossa disposição facilita muito na hora de explorar como funciona o radiador e suas funções, pois a palestra fica mais visual e facilita na hora de mostrar os pontos dos componentes”.

 

 

 


NAKATA
O técnico José Tavares apresentou em sua palestra qual é o funcionamento e a importância dos amortecedores. Tavares comenta que acompanha o mercado tentando fazer a ponte entre a fábrica e o mecânico.  “Saber como anda a satisfação do cliente com o nosso produto é algo essencial para nós da Nakata”. O técnico descreve que em sua aula no box técnico buscou ensinar algumas técnicas de argumentação de venda para os mecânicos. “Teve perguntas sobre funcionamento do produto e garantia, o que mostra que o mecânico também está antenado e quer um produto de qualidade”, finaliza.

 

 


Box: Renault Sandero R.S 2.0

TECFIL
Aplicação dos filtros automotivos nos motores Renault, tecnologias e como realizar trocas de filtros foi o assunto na palestra da fabricante. O gerente do departamento de suporte técnico de venda e pós-venda da Tecfil, Roberto Rualonga, destacou a importância do contato direto com o cliente que o Congresso Brasileiro do Mecânico consegue proporcionar. “Participamos desse evento desde o primeiro e sempre percebemos uma excelente receptividade do público. Além de divulgar os produtos, conseguimos dar dicas técnicas de como utilizar bem o nosso produto, o que é essencial”, destaca Rualonga.

 

 


DS
Lançamentos como o módulo de combustível DS, sensor de nível e TPS foram apresentados na palestra da empresa, que foi ao 3º Congresso Brasileiro do Mecânico com o objetivo de estreitar o relacionamento com o profissional independente. O consultor técnico, Alan Diego, compartilhou com os profissionais como fazer uso das novidades da empresa e deu dicas de manutenção preventiva. “Se tivesse mais tempo a gente iria usar com certeza, pois tiveram muitas perguntas. Espero que ano que vem a DS esteja novamente aqui trocando ideias com os mecânicos”, afirma Alan.

 

 


ELRING
A empresa especialista em juntas levou ao box o técnico no aftermarket, Rogério Graco, para falar de parafusos e juntas. Graco destacou que o intuito da empresa foi passar o máximo possível de informação a respeito de seus produtos e tirar todas as dúvidas dos mecânicos. “Não estamos aqui para ensinar ninguém, mas sim para fazer uma troca de informações. Eu sou suspeito para falar, mas o Congresso para mim é uma excelente oportunidade para esse movimento de troca”, comenta.

 

 

 


GATES
A Gates apresentou dicas de montagem e problemas que ocorrem com as correias sincronizadoras. O técnico de correias sincronizadoras, Luciano Santana, explicou que ocorre alguns erros na hora da instalação do componente e é justamente essa a preocupação que levou a Gates palestrar no box técnico. “Tenho certeza que quem assistiu não irá mais cometer erros pequenos no momento da manutenção das correias. Houve uma atenção extrema deles, então tenho certeza que eles gostaram bastante”, finaliza.

 

 

 


Box: Citroën Jumpy

BOSCH
Empresa que atua em várias áreas do setor automotivo, a Bosch mostrou em sua palestra algumas simulações e dicas de diagnóstico para os mecânicos. O promotor de equipamentos diagnósticos, Wesley Lucas, instruiu os profissionais a como utilizar o scanner e o multímetro. “O público precisa de mais informação técnica que é a necessidade do mercado de mecânica independente hoje. A Bosch sabe disso, então por ser uma empresa sistemista, ela busca sempre levar esse conhecimento ao público. Tivemos uma interatividade muito boa com quem assistiu nossa palestra, porém percebemos que ainda existe uma dificuldade para a utilização dos produtos”, comenta.

 


MECÂNICOPRO
A iniciativa que é uma parceria entre a Bosch e a Revista O Mecânico teve como palestrante o chefe de serviços automotivos para a Bosch na América Latina, Diego Riquero Tournier. O intuito do MecânicoPro é levar suporte a distância aos mecânicos, guiando-os em situações cotidianas até que os problemas de procedimentos automotivos sejam resolvidos. Diego comenta que a aceitação e interesse do público na novidade foi excepcional: “Houve muitas perguntas, eu pessoalmente gostei muito da interação”, finaliza.

 

 

 


PEUGEOT CITROËN EURO REPAR
A montadora falou sobre a nova geração de motores Diesel Blue HDI Peugeot e Citroën (Euro 6), com ênfase no sistema de redução catalítica e sistema de filtros de partículas do escapamento de terceira geração com aditivação do combustível. O Instrutor técnico, Levi Condutta, comenta que: “O público estava muito interessado por conta das novidades e quero parabenizar o evento pela oportunidade dada a nós, montadora, de ter contato direto com o mecânico”.

 

 

 


SUN
Diagnose e instrumentação Common Rail foi o tema da empresa no Congresso. Como fazer essa revisão passo a passo foi a informação mais importante da palestra segundo Frederico Bastos, Instrutor da Sun. “Com esse procedimento o mecânico consegue passar o orçamento antes de efetuar o procedimento, pois ele mostra ao cliente o que será feito passo a passo”. Já sobre o público, Bastos explica que: “São processos de serviço que temos o papel de desmistificar e quebrar paradigmas entre os mecânicos”.

 

 

 


Box: Volkswagen up!

MOBIL
Especialista em óleo lubrificante, a marca mostrou todos os benefícios que se tem na escolha de um óleo de boa qualidade. Abordando apenas a linha de veículos leves, o consultor da empresa, José Sidonio Pascoal, falou também a respeito dos malefícios no uso incorreto do lubrificante. Para o consultor, foi uma surpresa boa o número de pessoas no box técnico: “Foi além da minha expectativa, pois eles queriam que eu continuasse, havia muitas perguntas. Vejo que é um assunto extremamente excitante e todos tem dúvidas. Por isso que a Mobil prima em manter o conhecimento do mecânico em um alto nível”.

 

 


URBA
A empresa apresentou no box técnico o procedimento completo para diagnóstico e substituição da bomba d’agua dos motores EA211. Segundo o engenheiro da assistência técnica da Urba Brosol, Orlando Fernandes, a empresa conseguiu passar tudo o que queria e saiu com a sensação de dever cumprido. “O público pareceu muito interessado. É um motor novo e o pessoal gosta muito dessas coisas novas no mercado”.

 

 

 

 


VOLKSWAGEN
A multinacional falou sobre gerenciamento eletrônico do motor EA211, com foco em injeção direta do motor e sensor de etanol. Cristiano Noberto, instrutor da Volkswagen, também deu algumas dicas técnicas de diagnóstico e parabenizou a equipe da Revista O mecânico pelo excelente evento. “Os mecânicos gostaram bastante e ficaram muito curiosos com o tema. Respondi algumas perguntas de mecânicos que sabiam muito bem do que estavam falando, mostrando o quanto qualificado era o público”, comenta Cristiano.

 

 

 


MANN FILTER
Especialista em filtros, a Mann+Hummel foi ao 3º Congresso Brasileiro do Mecânico para falar sobre os filtros de ar, óleo e cabine. O Consultor técnico, André Gonçalves, explica que pinçou os principais pontos para apresentar ao público. “Pelo olhar do público deu pra ver que tinha alguns pontos de surpresa a respeito do tema, mostrando que ainda há muito que disseminar a respeito de filtros automotivos”.

 

 

 

 


IGUAÇU
A Iguaçu falou sobre os motores TSI 1.0 3-cilindros da Volkswagen, focando no controle de temperatura. O coordenador de marketing, João Cunha, destaca que foi essencial levar esse tema para o box técnico do Congresso Brasileiro do Mecânico pois é um assunto muito novo “Nós lotamos o box técnico, mostrando que essa nova tecnologia de ter 2 válvulas termostáticas nos modelos atuais da Volkswagen é muito interessante aos mecânicos”.

 

 

 


DAYCO
Tecnologia em correias High Tenacity, polia trioval e correia de acessórios EA211 foram os assuntos que a fabricante levou para o 3º Congresso Brasileiro do Mecânico. O supervisor do departamento técnico da Dayco, Davi Cruz, explica que as correis High Tenacity são mais resistentes em comparação com as outras. “O índice de perguntas qualificadas foi altíssimo, mostrando que o mecânico está procurando cada vez mais se inteirar das novidades do mercado. O Congresso é feito justamente para levar essa informação técnica ao profissional independente”, afirma Cruz.

 

 


CONTINENTAL
A empresa destacou as mudanças que estão ocorrendo no setor automotivo. A multinacional ainda chamou a atenção dos mecânicos a respeito da velocidade dessas novidades, que estão chegando cada dia mais rápido nas oficinas. “Com esse contato direto com a indústria e as montadoras, os mecânicos que estiveram presentes aqui no Congresso, conseguem pegar as informações que aprenderam aqui e dividir colegas de trabalho lá fora”, declara José Roberto Silveira, consultor técnico da Continental.