Pesquisa

Pesquisa de Conhecimento de Marca e Hábitos de Consumo – Parte 2

 

Por: Edison Ragassi

 

No segmento de reposição, o mecânico de automóveis é o profissional que influencia o proprietário do veículo de várias formas. Ele avalia as condições do carro que necessita de reparos e manutenção, indica quais peças e de qual marca utilizar. Geralmente, o mecânico é quem faz as compras e tem em mente qual marca é a melhor.

 

Para esclarecer e ter uma ampla mostra de como este profissional se comporta, a Revista O Mecânico, em parceria com o instituto IBOPE CONECTA, realizou uma pesquisa feita com mecânicos de automóveis de todo o Brasil.

 

Ela identifica o conhecimento de marcas e hábitos de consumo destes profissionais.

 

Os participantes são proprietários de oficinas ou mecânicos contratados.

 

A pesquisa aconteceu no período de 16 de março a 06 de abril de 2017. O estudo quantitativo foi realizado com entrevistas online, sendo três as fontes: listagem do mailing da Revista O Mecânico, portal omecanico.com.br e facebook.com/omecanico.

 

No total, 1.150 entrevistados responderam às questões. A margem de erro divulgada pelo IBOPE CONECTA é de 3 pontos percentuais para o total da pesquisa, assim, o nível de confiança é de 95%.

 

Os resultados obtidos pelo estudo do IBOPE CONECTA apontam que o mecânico de automóveis busca proximidade, ele valoriza as empresas e marcas mais próximas, aquelas que se preocupam em auxiliá-lo no dia a dia de trabalho com palestras, cursos e treinamentos.

 

Nesta edição publicamos a segunda parte deste estudo com exclusividade para o leitor da Revista O Mecânico.

 

A segunda fase divulga quais as marcas que o mecânico lembra e compra de: molas/discos de freio/ferramentas/pastilhas de freio/sistemas de freio/amortecedores/juntas homocinéticas.

 

Na próxima edição publicaremos a última parte deste estudo.

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor

 

ed-268-motor